Em Guarabira, motoqueiro atira no rosto de Nadilson Cachorrão e albergado escapa

A Polícia Militar ao averiguar denuncia de populares, na Rua São Manoel, que informaram estar ouvindo disparos de arma de fogo, se deparou com um rapaz com sua boca sangrando.

De acordo com testemunhas, trata-se do elemento conhecido por Nadilson Cachorrão, acusado de comandar uma quadrilha suspeita de praticar vários homicídios em Guarabira, no começo dos anos 2000. Depois de anos foragido, ele foi preso, condenado e já encontra-se em regime semiaberto.

Segundo Nadilson, que é preso albergado, estaria se deslocando para se apresentar no Presídio Vicente Claudino de Pontes, quando foi surpreendido por dois elementos desconhecidos, numa motocicleta, que um deles efetuou um disparo, que atingiu seu rosto (buchecha), em seguida se evadiram.


A vítima foi socorrida pelo SAMU para o Hospital Regional de Guarabira-PB e não corre risco de morte. A Polícia Militar realizou diligência para identificar e prender os acusados, mas não obteve êxito na tentativa de captura.

Investigadores da Polícia Civil e do serviço de inteligência da PM acreditam que a tentativa de homicídio contra Cachorrão pode estar ligada a acerto de contas.









Portal 25 horas
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário