Bolsonaro não cumpre promessa de reduzir número de ministérios para 15

Jair Bolsonaro foi eleito presidente da República com o compromisso de cortar o número de ministérios de 29 para 15. Depois, elevou o número para 17, para 20, 22 e pode ir além.

Em recente entrevista, não descartou indicar uma mulher para comandar alguma pasta. “Elas (a bancada feminina) querem e vocês querem”, respondeu ao jornalistas.

Indicado para a Casa Civil, Onyx Lorenzoni tentou explicar os números: o Banco Central deve ganhar independência, perderá o status de ministério e a Advocacia Feral da União também pode sair da conta.

A maioria dos chefes das pastas já foi escolhido. Falta anunciar quem serão, por exemplo, os chefes de Meio Ambiente e o possível ministério das Mulheres.

A reorganização dos ministérios promete ser um dos desafios do novo governo. Osmar Terra, por exemplo, indicado para a pasta da Cidadania, que engloba Esporte, Desenvolvimento Social e Cultura, disse o seguinte quando questionado sobre o que entende cultura: “Só toco berimbau”.

A promessa do eleito é fechar o time de ministros até o fim deste mês.


Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário