Busca por clubes de tiros cresce até 60% no Rio de Janeiro

Fluminense afirmam que a procura por aulas cresceu até 60% entre 2017 e 2018, de acordo com reportagem do G1. Segundo representantes de locais de treinamento, o crescimento da violência urbana foi o principal fator.

Médicos, empresários, profissionais liberais, militares, pessoas jovens e muitas mulheres estão entre os perfis que mais mostraram interesse recentemente nos clubes.

Ao mesmo tempo, o novo governador eleito, Wilson Witzel, quer aumentar o número de clubes de tiro no Rio de Janeiro. Atualmente, há cerca de 25 no estado, em diferentes áreas, segundo o G1.

Witzel justifica a ampliação dos clubes de tiro como uma forma de ajudar na flexibilização do Estatuto do Desarmamento. A assessoria do novo governador, no entanto, disse ao G1 que ainda não há um estudo nem valor de investimento para o projeto.



Redação com G1
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário