Justiça decide por prisão domiciliar de mulher acusada de realizar empréstimos indevidos na conta de Idosos em Cuitegi

Ligia da Silva Barbosa, acusada de realizar vários empréstimos de forma indevida em conta de idosos em Cuitegi, teve sua prisão domiciliar decidida pela justiça.

Ela foi presa na manhã de quinta-feira (11/10), acusada de realizar vários empréstimos de forma indevida em conta de idosos da própria cidade. Ligia era atendente do Bradesco Express de um supermercado da cidade de Cuitegi e foi presa após a audiência de custódia.

A investigação teve início após um assalto no próprio mercado. Várias denúncias foram feitas à polícia por parte de pessoas que viram diferença no saldo de contas de idosos, e as suspeitas giraram em torno da atendente do caixa do correspondente bancário.

A unidade do pague fácil foi fechada e o banco começou investigação juntamente com a polícia e perceberam que vários empréstimos foram feitos em contas de idosos, apontando que após o fechamento da agência, a acusada teria feito empréstimos com os cartões dos idosos nas agências de Guarabira e os cartões eram cedidos por eles confiarem ela.

Lígia diz que fazia empréstimos porque parentes ou os idosos, de modo consciente pediam que ela fizesse os procedimentos e ela estaria sendo culpada injustamente.


Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário