Família autoriza doação de órgãos de tenente assassinado em fuga de presidiários em JP

A assessoria de comunicação da Polícia Militar (PM) confirmou a informação da doação dos órgãos do tenente assassinado durante a fuga de quase 100 presidiários da penitenciária PB1, em João Pessoa.

O tenente Erivaldo Moneta da Silva de 33 anos foi baleado na cabeça após um ataque em frente à Academia de Polícia Civil (Acadepol) nessa segunda-feira (10). O policial foi socorrido para o Hospital de Trauma da capital, mas não resistiu aos ferimentos. Por volta das 11h30, o boletim médico da unidade informou a morte do oficial.

O corpo foi velado ainda na segunda-feira na Mortuária Rosa de Saron, no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa e, em seguida, levado para o bairro Santo Amaro, em Recife, onde também será velado e sepultado nesta terça-feira (11).

T5
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário