"ROMPIMENTO FRIO" DE DOUGLAS E GUGA

Com a definição do que foi a Guerra Fria vem a explicação do que seria esse "Rompimento Frio" entre o prefeito de Bananeiras Douglas Lucena e o vice Guga Aragão.

A definição para a expressão "guerra fria" é: um conflito que aconteceu apenas no campo ideológico, com ausência de embate militar declarado e direto entre Estados Unidos e URSS.

Pois bem, no ultimo sábado tive a oportunidade de entrevistar o jovem vice prefeito de Bananeiras Guga Aragão, cortês como se espera de um membro dos Ramalhos, Guga decidiu não fazer alardes e ser aquele que não prega a discórdia ou que jogue logo a poeira no ventilador, defendeu suas ideias e manteve nem que fosse em palavras sua posição de fazer parte do grupo de Douglas. 

O Rompimento Frio a que me refiro lá no titulo da matéria ficou ainda mais fácil entender que existe após uma leitura de como se deu a Guerra Fria (apenas no campo ideológico) e também ao tom de voz imposto por Guga, as expressões de aliados que estavam com o mesmo nos estúdios da Rádio Rural. Todo esse movimento que distancia ideologicamente Douglas e Guga se deu há algumas semanas após o prefeito retirar seu apoio a reeleição do deputado Hervazio Bezerra e declarar apoio a candidatura do ex-prefeito de Solânea Beto do Brasil, algo que muitos não entenderam até agora.

Segundo Guga, não seria coerente abandonar Hervazio que tanto fez por Bananeiras e até alguns dias atrás todos do grupo incluindo o prefeito o colocava como um dos melhores deputados para o município, seria ingratidão (assim Douglas está sendo) e ficaria difícil explicar a população o porque desta mudança tão repentina as vésperas da eleição. 

A explicação que Douglas tem dado para justificar a decisão é que Beto seria da região, pelo menos para Guga, os vereadores Pedrinho Batista, Antonio Marques, a ex-prefeita Marta Ramalho e Ramalho Leite, esta justificativa passa longe de ser aceita por muitos do grupo tendo em vista que a raíz familiar de Hervazio é Bananeirense e o próprio parlamentar foi declarado cidadão Bananeirense através de um titulo de cidadão proposto pelo próprio Douglas quando era vereador.

Não existe mais a relação de aliados na prática entre o prefeito e aqueles que decidiram seguir o vice prefeito, é grupo dividido e quando sair o resultado das urnas com o número da votação de Hevarzio e Beto esse nevoeiro branquinho que se forma ao amanhecer na querida Bananeiras, se transformará numa cortina de fumaça escura. 








Felipe Silva
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário