Sobe para 42 o número de vítimas de agulhadas no São João de Campina Grande

Os registros de ferimentos por agulhadas no São João de Campina Grande voltaram a subir nesta segunda-feira (18) quando duas pessoas buscaram atendimento médico no Hospital de Trauma. Agora, já são 42 as vítimas de ferimentos por agulhadas.

No final da tarde e no início da noite desta segunda-feira (18), duas pessoas procuraram a unidade de saúde para atendimento. Um homem de 24 anos e uma mulher de 30 anos relataram ter sido feridos no domingo (17) e foram as vítimas mais recentes a dar entrada no Hospital de Trauma de Campina Grande.

De acordo com informações da assessoria de imprensa do Hospital de Trauma, 37 das vítimas relataram ter sido agredidas no Parque do Povo e outras cinco, em um bloco junino. Ao todo, são 25 homens e 18 mulheres.

O diretor do Hospital de Trauma, Geraldo Medeiros, afirmou em entrevista à rádio Campina FM que todas as vítimas “relataram ter sido agredidas, furadas. 20% delas relataram que viram a seringa e a agulha”. Ele explicou ainda que “são lesões que se assemelham bastante àquelas produzidas por agulha. Teve uma das vítimas que além de ser agredida por agulha, foi agredida por instrumento cortante”.

Temendo alguma infecção, já que não se sabe o que as feriu, as pessoas procuraram a unidade de saúde para receber atendimento médico e medicação preventiva contra vírus da Hepatite B e HIV. Após esses procedimentos iniciais, as pessoas agredidas devem ser encaminhadas a outro serviço da cidade para pegar o resto da medicação pelo tempo que for necessário.






Com ClickPB
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário