MP DAR PARECER PARA CASSAÇÃO DO PREFEITO E VICE DE DONA INÊS

O Ministério Público Eleitoral da 14ª Zona Eleitoral do brejo paraibano através de sua titular Promotora Ana Maria Pordeus Gadelha apresentou parecer favorável a AIJE – Ação de Investigação Judicial Eleitoral que pede à cassação dos gestores João Idalino, prefeito eleito de Dona Inês e o seu vice Demétrio Ferreira, acusados de compra de votos nas eleições de 2016.

A ação movida pelo chapa derrotada nas eleições de 2016, foi apreciada pela promotora Ana Maria Pordeus que analisou o caso e viu indícios de abuso de poder político e econômico, já está nas mãos do juiz Dr. Jailson Suassuna, para prolatar a sentença.

Contratação de servidores durante o período eleitoral, distribuição de gasolina como maneira de compra de voto, utilização do compressor hospital utilizado para encher bolas de ar utilizadas durante a campanha, bem como doações e benefícios concedidos durante o período eleitoral por parte do poder público municipal; fizeram parte das acusações feitas pela chapa 'Unidos por um novo tempo'.

Entretanto, no entendimento da promotora a AIJE é considerada parcialmente procedente, isto é, apenas algumas acusações foram levadas em conta. Por exemplo, o uso do compressor hospital utilizado para encher bolas de ar utilizadas durante a campanha foi levado em consideração, enquanto a distribuição de gasolina foi considerada, pela promotora, como improcedente.

Qualquer que seja a decisão, tanto os investigados como a acusação podem recorrer à segunda instância.



Blog Felipe Silva
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário