“Prefiro um filho morto do que vivo e pecador”, diz mãe de jovem paraibano encontrado morto

O jovem Yago Oliveira foi mais uma vitima da homofobia, porém, dentro da própria casa. Fã de David Bowie, Yago sofria preconceito da própria família já que tem uma mãe extremamente religiosa. Há cerca de dois meses antes do suicídio, o jovem fez um desabafo no Facebook.

Neste desabafo ele relatou diversos acontecimentos envolvendo a família, que não condiz com a ideologia Mórmon que a mesma pregava. Na postagem o jovem tentava entender se realmente era errado o LGBT.

No dia 14 de Março, Yago foi encontrado morto dentro do seu próprio quarto enforcado. A policia registrou o caso como suicídio. Enquanto o Mixturando produzia e apurava os fatos desta reportagem, registramos diversos depoimentos de amigos do jovem.

Porém o que pegou de surpresa, foi a declaração da Mãe do Yago, conhecida como Ivanilda. Perguntada sobre a morte do filho ela respondeu ao Mixturando. ” O homem de lá atendeu meu pedido, prefiro um filho morto do que vivo e pecador, seria uma eterna vergonha e uma desonra sem tamanho.” , disse a mãe do jovem. Os amigos de Yago relataram que ele sofria de depressão justamente por conta do preconceito que sofria dentro da própria casa.


















Sapé na Web
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário