Ministro Fachin decreta prisão de Joesley e Saud, delatores da JBS


O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), acatou o pedido de prisão dos delatores Joesley Batista e Ricardo Saud, da JBS, segundo apurou a Folha.

As prisões são temporárias. Não há ainda previsão sobre quando serão efetuadas pela Polícia Federal.

Segundo a Folha apurou, Fachin teria negado estender a medida ao ex-procurador Marcelo Miller.

Os pedidos de prisão dos três foram feitos pelo procurador-geral, Rodrigo Janot na sexta (8).

Folha


Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário