Dois bandidos suspeitos de participarem do roubo a Belém são mortos em confronto com a policia

Foto: exemplificativa 
Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) apreenderam, neste sábado (29), vários produtos, dentre explosivos e armas de fogo, utilizados por uma quadrilha em assaltos à instituições bancárias. Os materiais foram encontrados em uma residência em São José do Mipibu, onde estavam os suspeitos pela explosão, ocorrida na madrugada deste sábado, de duas agências bancárias e dos Correios nos municípios de Belém e Malta, localizados no estado da Paraíba.

Os policiais da Deicor receberam a informação, por um colaborador, de que a quadrilha estaria planejando um roubo neste sábado no estado do Rio Grande do Norte ou no estado da Paraíba e que em seguida fariam caminho para a cidade do Natal. Com a ocorrência do roubo na Paraíba, foram realizadas diligências e campanas nas estradas para encontrar os foragidos no Rio Grande do Norte. Veículos da mesma descrição que os utilizados no roubo foram encontrados e seguidos pelos policiais até adentrarem em uma granja localizada em Taborda, na cidade de São José do Mipibu.

As equipes policiais formaram um cerco em torno do terreno do sítio para evitar fugas e efetuar a prisão da quadrilha. Os integrantes da quadrilha iniciaram confronto armado com a polícia, conseguindo quebrar o cerco e fugir. Dois deles acabaram sendo atingidos e deixados para trás. Os dois feridos foram socorridos mas não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito. Os corpos ainda não foram identificados.

No sítio foram encontrados diversos materiais utilizados nos crimes de roubo à instituições bancárias. A quantidade encontrada de explosivo era o suficiente para causar explosões em até 200 agências, sendo encontrados trezentos e cinquenta espoletins, nove tubos nonel, quatro emulsões encartuchadas, uma carga tubular, quarenta e um estopins, vinte e cinco quilos de ANFO e um carretel de cordel NP5. Acredita-se que grande parte do material explosivo tenha sido tomado em um roubo à uma pedreira no dia 09 de julho na cidade de São Gonçalo do Amarante.
De armas e munições foram apreendidos 05 pistolas taurus, 01 revólver taurus, 01 espingarda combat, 02 fuzis, 11 carregadores calibre 5.56mm, 02 cartuchos de calibre 5.56 e 619 munições de diversos calibres. Também foram apreendidos uma quantia de aproximadamente 40 mil reais, sendo a maioria manchada de tinta rosa pelos mecanismos de marcação de notas roubadas instalados nas instituições atacadas, dois carros e uma moto. As investigações e diligências continuam para encontrar os foragidos.

Entenda o caso na reportagem em VÍDEO:

Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário