Político mexicano chama Ronaldinho de ‘macaco’ e pode ser processado

Irritado com o trânsito causado na cidade de Querétaro por causa da apresentação de Ronaldinho Gaúcho como novo reforço da equipe local, na última sexta-feira, o político mexicano Treviño Núñez, ex-secretário do Desenvolvimento Social da cidade, escreveu uma mensagem racista contra o jogador brasileiro em sua conta no Facebook.

“Realmente, eu tento ser tolerante, mas eu detesto futebol, e o fenômeno de idiotice que produz. Eu detesto ainda mais porque as pessoas inundam as avenidas fazendo-nos chegar duas horas mais tarde em casa. E tudo isso para ver um macaco... Brasileiro, mas ainda assim um macaco. Isso é um circo ridículo”, escreveu Núñez.

Apesar de ter apagado a mensagem em seguida, o político não deve sair ileso do episódio. O secretário de Governo Jorge López Portillo adiantou que Núñez poderá ser processado.

“A discriminação racial não é o espírito e de modo nenhum representa o jeito de pensar das pessoas de Querétaro. Todos nós somos muito respeitosos. Naturalmente, é denunciável e estamos cientes de tudo”, afirmou.

Logo após sua apresentação, Ronaldinho acompanhou no estádio o empate por 1 a 1 do Querétaro contra o Puebla. A expectativa é que o brasileiro estreie no próximo domingo, contra o Chivas, pelo Campeonato Mexicano.

Revista Novo Perfil online
Fonte: Gazeta Esportiva
Fotos: Agência AFP
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário