Campanhas de Cássio e Vital apresentam déficit de quase R$ 8 milhões

Dados informados ao Tribunal Superior Eleitoral na semana passada mostram que pelo menos um quarto dos candidatos a governador pelo país está com as contas da campanha eleitoral no vermelho.

São candidaturas que declararam despesas mais altas do que a arrecadação nos dois primeiros meses da disputa.

Na ponta está a campanha do petista Alexandre Padilha, em São Paulo, com R$ 35 milhões já declarados com despesas e apenas R$ 4,1 milhões arrecadados.

Os maiores rombos:

1) Alexandre Padilha (PT-SP): R$ 30,8 milhões acima da arrecadação
2) Reinaldo Azambuja (PSDB-MS): R$ 8 milhões
3) Robinson Faria (PSD-RN): R$ 6,1 milhões
4) Eduardo Amorim (PSC-SE): R$ 4,3 milhões
5) Cássio Cunha Lima (PSDB-PB): R$ 4,2 milhões
6) Ricardo Coutinho (PSB-PB): R$ 4,2 milhões
7) Vital do Rêgo (PMDB-PB): R$ 3,6 milhões
8) José Melo (PROS-AM): R$ 3,5 milhões
9) Gleisi Hoffmann (PT-PR): R$ 2,9 milhões
10) Eduardo Braga (PMDB-AM): R$ 2,9 milhões


Revista Novo Perfil online
Fonte: UOL, Cearaagora via Paraiba online
Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário