Corpo é achado perto de itens de rituais religiosos em mata da Paraíba

Vítima tinha cabeça coberta e, perto, havia foto rasgada de um casal. 
Polícia Militar chegou ao corpo após denúncia.

Utensílios estavam perto do corpo e, junto, havia a foto rasgada de um casal com a cabeça do homem cortada (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Um homem foi encontrado morto em uma mata em Gramame, a 25 km de João Pessoa, no fim da manhã desta quarta-feira (15). A cabeça dele estava coberta por um pano e, a alguns metros, estavam guias e vasilhames comumente usados em despachos e rituais de religiões de matriz africana.

O corpo estava jogado no meio de uma estrada de terra que passa por dentro da mata de Gramame. O sargento Dantas, da Polícia Militar, disse que a identidade do homem ainda é desconhecida. No entanto, o PM acredita que a vítima foi morta com um tiro na cabeça.

O corpo foi descoberto por uma pessoa que passava pelo local e que acionou a polícia através do 190. Policiais da Delegacia de Homicídios informaram às 13h20 (horário local) que a vítima ainda não havia sido identificada assim como a causa da morte.

O sargento da PM, que atendeu ao chamado do 190 disse que a mata onde o corpo foi encontrado é conhecida como local onde são depositadas oferendas e realizados rituais religiosos, mas diz que ainda não pode dizer se há relação entre o assassinato e os itens encontrados próximos ao corpo.

Segundo o antropólogo Fabiano Lucena de Araújo, o uso de guias, alguidares (vasilhames usados em despachos religiosos) e a fotografia de um casal, onde a cabeça do homem tinha sido rasgada, são comuns em rituais de religiões de matriz africana.

Revista Novo Perfil Online
Fonte: G1



Share on Google Plus

Postado por: Revista Novo Perfil

“O Mundo não lembra dos que não se fazem lembrar”. Anuncie Conosco. Contato: TIM (83) 999-386-921 E-mail: revistanovoperfil@hotmail.com
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário